O Instituto Surear tem como missão fomentar e promover a identidade e a integração latino-americana, com foco geoestratégico na América do Sul em particular. Atua em conformidade com a Constituição Brasileira de 1988, que no Parágrafo Único do Artigo 4º anota que “A República Federativa do Brasil buscará a integração econômica, política, social e cultural dos povos da América Latina, visando à formação de uma comunidade latino-americana de nações”.

O Instituto inova e demonstra sua importância estratégica ao buscar descentralizar as discussões e iniciativas sobre a integração, hoje demasiado concentradas no triângulo mais desenvolvido do país: São Paulo – Rio – Brasília. Assim, advoga que a integração demanda maior participação de todas as regiões do país, ajudando o Brasil a superar seu histórico distanciamento em relação aos vizinhos.

Além do mais, o Instituto Surear almeja constituir uma rede de parceiros localizados nos mais distintos pontos da América Latina e do Sul global a fim de garantir o empoderamento da sociedade civil regional e, deste modo, fortalecer e enraizar a democracia e a cidadania no âmbito das iniciativas de integração regional em suas diversas escalas, tais como consubstanciados nos blocos da Comunidade de Estados da América Latina e Caribe (CELAC), União de Nações Sul-Americanas (Unasul) e Mercado Comum do Sul (Mercosul).

Surear trata-se, portanto, da oportunidade para a construção de um novo olhar. Através da sugestão do filósofo mexicano Horácio Ceruti, aceita-se o desafio de conjugar este novo verbo para um novo tempo: é o momento da América Latina olhar a si mesma com seus próprios olhos e descortinar horizontes que a levem ao encontro de sua própria identidade.